Biografia – Drake

 

biografia drake

 

 

drake bebe

Aubrey Drake Graham, mais conhecido como Drake, é um rapper de Toronto que  nasceu na cidade de Ontario,  filho único de Sandi Graham uma professora e Dennis Graham um baterista que trabalhou com Jerry Lee Lewis. Quando tinha apenas 5 anos Drake viu seus pais se separarem, por isso ele acabou vivendo entre dois bairros, em Weston Road e Weston Red Wings que depois acabou se mudando para Forest Hill e também passou alguns verões em Memphis com seu pai.

Sua mãe sempre acreditou que Drake tinha talento, então sempre o incentivou em tudo que podia, eles saíram  de um bairro pobre e foram morar no bairro rico de  Forest Hill, Drizzy revelou em entrevista para a VIBE “Ela queria o melhor para nossa  família. Ela comprou metade de uma casa pra gente viver. as outras pessoas tiveram a metade superior, tivemos a metade inferior. Eu vivia no porão, minha mãe viveu no primeiro andar. não era grande, não era luxuosa. era o que podia pagar”



Dennis Graham costumava se apresentar pela cidade com sua banda, e quando Aubrey estava com ele, costumava ir junto  e eventualmente ele subia no palco e  integrava em suas apresentações cantando algumas músicas, isso apenas com 7 anos de idade.

 

 CARREIRA COMO ATOR

 

0806-drake-inset-3[1]

Quando tinha 15 anos, Drake conseguiu um papel na série de TV canadense  Degrassi: The Next Generation uma versão canadense de ‘Malhação’, que contava  a vida de adolescentes que estudam na escola de Degrassi em Toronto e enfrentam problemas quotidianos da adolescência como pressão, imagem própria, identidade sexual, drogas e violência na escola. Drake participou de 138 episódios da serie até 2009 até ser demitido junto com todo elenco. Nesse tempo, Drake já se interessava pela música, e as vezes até chegava nas gravações cansado, pois ele ia gravar em um estúdio de uma cidade próxima a Toronto e de lá ia direto gravar as cenas da série, ele chegava 5 horas da manhã no camarim e dormia até as 8 até começar as gravações. Depois de ser demitido da série, Aubrey decidiu dar um tempo e ver onde a musica o levaria.

 

CARREIRA COMO RAPPER DECOLANDO

Em fevereiro de 2006, Drake lançou sua primeira mixtape chamada “Room for Improvement” Ela foi disponibilizada através de seu site e na página oficial do MySpace. A partir do sucesso de sua primeira mixtape, um ano depois ele lançou outra chamada “Comeback Season” que acabou chamando atenção de grandes Artistas,  Drake assinou contrato com a gravadora Young Money do rapper Lil Wayne. Em 15 de setembro de 2009, sua música So Far Gone foi lançada como um EP de sete faixas em que cinco das faixas eram da mixtape original. Ele estreou como número 6 na Billboard 200 . Desde então, o álbum foi certificado ouro pela RIAA com mais de 500.000 cópias vendidas nos Estados Unidos. Em 18 de abril de 2010, o álbum ganhou Rap Gravação do Ano no Juno Awards 2010.

 

 

 PRIMEIRO ÁLBUM DE ESTÚDIO: THANK ME LATER

drake-16[1]Após alguns adiamentos Drake lançou seu primeiro álbum de estúdio, chamado Thank Me Later. Na semana de lançamento do álbum, o álbum vendeu 447 mil cópias e estreou como número 1 na Billboard 200.

 

 

Em 09 de março de 2010, Drake lançou o primeiro single de seu álbum Thank Me Later , chamado “Over” A canção foi bem recebida e bem executada tanto comercialmente e criticamente. A canção atingiu um pico de Número 14 na Billboard Hot 100 e ficou no topo da Billboard Rap Songs. A canção também recebeu uma nomeação para Melhor Rap Solo Performance no 53 Grammy Awards mas acabou não vencendo.

 

SEGUNDO ÁLBUM DE ESTÚDIO: TAKE CARE

Segundo álbum de estúdio de Drake, Take Care , foi anunciada em 17 de novembro de 2010.  O álbum segue o sucesso do álbum  “Thank Me Later”, que se tornou um sucesso comercial e foi bem recebido pelos críticos da música. Nesse álbum, Drake revelou muitas habilidades e estreou sua parceria criativa com produtor e engenheiro Noah “40” Shebib, que primeiro apresenta o seu som distinto em mixtape So Far Gone. 40 trabalhou grande parte da produção do álbum que se tornou mais coeso do que Thank me Later, muitos consideram esse o melhor álbum do artista até agora. O álbum estreou na Billboard 200 com vendas superiores a 631 mil sendo a terceira maior estreia de 2011.

 

 TERCEIRO ÁLBUM: NOTHING WAS THE SAME

Em 23 de setembro de 2013 Drake lançou seu terceiro álbum de estúdio  chamado Nothing Was the Same,  Considerado uma obra prima, Drizzy monstra por que ele é um dos melhores rapper da atualidade, a obra econômica, apenas dele e quase inacessível. Com um time menor de produtores e convidados, Drake finaliza todas as canções da obra dentro de um cenário de composição reclusa, como se todas rimas, versos e até mesmo emanações sonoras do álbum fossem apontadas apenas para ele. Se Take Care era uma obra motivada pela manifestação cega de seu criador em chegar ao topo, ampliando batidas, versos melódicos e sons em teor de grandeza, com o novo disco o rapper troca os exageros pela calmaria e certa dose de reflexão – mesmo que seja sobre si próprio.

 

 SE VOCÊ ESTÁ LENDO ISSO É TARDE DEMAIS

Em 13 de fevereiro de 2015, Drake lançou sua mixtape “If You’re Reading This It’s Too Late” sem nenhum aviso prévio no iTunes, estreou na primeira posição da tabela norte-americana Billboard 200, com 535 mil unidades vendidas em apenas três dias, Drake revelou que o projeto foi uma experiência para agradar todos seus fãs, já que muitos pedem um álbum pesado contendo apenas rap, e Drake gosta de varias entre muitos estilos.

 

MIXTAPE SURPRESA COM O RAPPER FUTURE

No mesmo ano, Drake liberou uma mixtape em parceria com o rapper Future, o  clima encontrado em What a Time to Be Alive é totalmente de celebração após um ótimo ano para ambos os rappers.  Drake não dá ponto sem nó,  dando certeza que a gestão de sua carreira é magistral. Drizzy vive um período onde está sempre no momento certo, na hora certa, com as pessoas certas. A leitura de mercado que ele e sua equipe fazem tem levado sua carreira a grandes conquistas, através de movimentos inteligentes como conseguir a posição de executivo em um time da NBA (o Toronto Raptors), divulgação excessiva de sua própria marca de roupas, e até o recente contrato de 20 milhões de dólares com a Apple para um programa de rádio semanal, a OVO SOUND RADIO.

 ERA VIEWS, ERA  DE RECORDES

drake-views.jpg.size.xxlarge.letterbox[1]

Em 2016 Drake lançou o aguardado VIEWS, álbum que vendeu mais de 1 milhão de cópias na primeira semana e está quebrando recordes atrás de recordes, com o Views Drake atingiu a primeira posição dos Charts da Billboard, onde ele nunca tinha chegado até então, o Rapper está a mais de 2 meses no topo sendo considerado para muitos um álbum que todos irão lembrar como clássico. Drake com o seu quarto álbum  de estúdio, Views, traça o seu próprio caminho, cria cada vez mais um círculo entorno da sua persona, com personagens próprios, características próprias, criando assim o seu próprio universo, que vai do seu selo OVO Sound à compreensão de como as pessoas se relacionam com os seus ídolos atualmente. Cada vez mais próximo a um som notoriamente próprio, Views se volta para Toronto, cidade natal de Drake para ao mesmo tempo buscar na palavra do próprio rapper um tipo de música que possa transcender gênero e nacionalidade.